Ribeirão Preto, 22 de Janeiro de 2018.

Na saída para o ano novo, rodovias terão tráfego intenso a partir das 16 horas

Na saída para o ano novo, rodovias terão tráfego intenso a partir das 16 horas

Quem pegar a estrada nesta sexta-feira (29/12) encontrará maior movimento das 16 às 21 horas. A estimativa é da Arteris Autovias, empresa que integra o Programa de Concessões do Governo do Estado de São Paulo, administra 316,5 quilômetros nas regiões de Ribeirão Preto, Franca e São Carlos e prevê registrar mais de 87 mil veículos. A Via Anhanguera (SP-330), entre Santa Rita do Passa Quatro e Ribeirão Preto, deverá concentrar o maior fluxo, com 54 mil veículos.

O sábado (30/12) e o domingo (31/12) terão movimento reduzido, com 51 mil e 38 mil veículos, respectivamente. A segunda-feira (01/01) deverá ter o trânsito mais acentuado dos quatro dias de operação especial, com 86 mil veículos nas rodovias – isso representa 35% de acréscimo se comparado ao mesmo dia da semana em períodos normais. No total, de sexta-feira a segunda-feira, o Sistema Autovias deverá receber 264 mil veículos, aproximadamente.

“É fundamental que os motoristas, em caso de sono, parem em local apropriado para descansar, abasteçam os veículos, garantindo a quantidade necessária para o percurso a ser seguido, não usem o celular enquanto dirigem, não consumam bebidas alcoólicas e lembrem-se de que o cinto de segurança deve ser usado por todos, mesmo por quem está no banco traseiro, incluindo as crianças”, afirma o coordenador de tráfego da Arteris Autovias, Everton Campi.

Estrutura operacional

A concessionária disponibilizará aos usuários das rodovias que mantém nove guinchos, seis ambulâncias, cinco viaturas de Inspeção de Tráfego, um caminhão-pipa e quatro carretas boiadeiras para recolhimento de animais. Os usuários poderão entrar em contato com a empresa pelo telefone gratuito 0800-707-9000 ou pelos call boxes (“interfones” instalados ao longo do trecho).

Sobre a Arteris – A Arteris S.A. é uma das maiores companhias do setor de concessões de rodovias do Brasil em quilômetros administrados, com mais de 3.250 km em operação. Por meio de suas nove concessionárias, a Arteris administra rodovias localizadas nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Paraná, importante eixo econômico e industrial do País. A companhia é responsável pela operação de cinco concessionárias federais: Autopista Fernão Dias, Autopista Régis Bittencourt, Autopista Litoral Sul, Autopista Planalto Sul e Autopista Fluminense. Também detém as concessionárias estaduais Autovias, Centrovias, Intervias e Vianorte, que atuam no interior de São Paulo. A Arteris é controlada pela espanhola Abertis e pela canadense Brookfield e mantém programas permanentes de conscientização. Em 2016, recebeu o Prêmio DENATRAN de Educação no Trânsito, com o Projeto Escola Arteris, programa com foco na humanização do trânsito por meio da cidadania, ética e convívio social. Saiba mais: www.arteris.com.br.

Sobre a Arteris Autovias - Concessionária responsável por 316,5 quilômetros das rodovias Anhanguera (SP-330), trecho entre Santa Rita do Passa Quatro e Ribeirão Preto, Cândido Portinari (SP-334), trecho entre Ribeirão Preto e Franca,  Engenheiro Thales de Lorena Peixoto Júnior (SP-318), trecho entre São Carlos e o entroncamento com a SP-255, Antônio Machado Sant’Anna (SP-255), trecho entre Ribeirão Preto e Araraquara, e Engenheiro Ronan Rocha (SP-345), trecho entre Itirapuã e Franca. A Autovias tem sede na cidade de Ribeirão Preto. (SP), local para onde deverão ser encaminhadas todas as comunicações legais, em razão de constituir-se pessoa jurídica distinta de Arteris S.A. (sua controladora societária). A companhia mantém programas permanentes de conscientização e recebeu, em 2016, o Prêmio DENATRAN de Educação no Trânsito, com o Projeto Escola Arteris, programa com foco na humanização do trânsito por meio da cidadania, ética e convívio social. Saiba mais: www.arteris.com.br.

_________________________________________________________

Fonte: Comunicação Autovias / Arteris

Imagem ilustrativa: internet

Postado em 27.12.2017



Mais notícias: