Ribeirão Preto, 10 de Dezembro de 2019.

Estudo mostra que as plantas podem aliviar dores e ansiedade

Estudo mostra que as plantas podem aliviar dores e ansiedade

Já é comprovado cientificamente - e pela sabedoria antiga -  que as propriedades das plantas são benéficas ao corpo humano. Recentemente um estudo publicado pela Sociedade Americana da Ciência da Horticultura, nos Estados Unidos, descobriu também que apenas o contato com elas pode ter efeitos analgésicos e aliviar o stress.

Foi feito um experimento com 90 pacientes que precisaram se submeter à operação do apêndice. Uma parte deles recebeu flores e outras plantas no quarto do pós-operatório, enquanto os outros não tiveram contato nenhum com elas durante o período de internação. De acordo com o estudo, a diferença na recuperação foi bastante significativa.

Foram feitas análises no âmbito médico e psicológico. Os que tiveram contato com flores e plantas ingeriram menos analgésico. Além, foi percebida uma resposta positiva maior do corpo, como pressão arterial sistólica e frequência cardíaca, além de menores avaliações de dor, ansiedade e fadiga. Os pacientes relataram ainda sentimentos positivos e maior satisfação com seus quartos.

Os resultados da pesquisa evidenciam que o contato com as plantas no ambiente hospitalar é benéfico para a saúde dos pacientes e sugere ainda que poderá haver uma redução dos custos de hospitalização e do uso de analgésicos. O artigo sugere que essa pode ser uma terapia complementar ao tratamento dos pacientes.

Cuidar de plantas também reduz o estresse no dia a dia

Qualquer que seja o ambiente, ele sempre fica mais alegre quando se tem algumas plantas na decoração. Se você é uma pessoa com tendência a sofrer com estresse, saiba que cuidar de flores e plantas podem fazer a diferença para a sua saúde física e mental. Estudiosos da área indicam que ter a jardinagem como hobby, independente da escala, é tão benéfico quanto ir à academia. Além disso, as plantas melhoram a qualidade do ar no ambiente.

Adotar a jardinagem como estilo de vida pode melhorar o bem-estar. A porta voz do site MagoDeCasa, Amanda Sousa, diz que as pessoas que desejam ter uma melhor qualidade de vida, tendem a procurar um maior contato com a natureza. "Dentro de casa você pode montar um pequeno jardim, ou uma hortinha, com algumas espécies que não exigem muitos cuidados, mesmo que não tenha muito espaço disponível. Incluir na rotina diária o cuidado com elas pode ser transformador", completa.

A ciência comprova que a terra tem efeitos muito semelhantes aos antidepressivos pode ajudar no tratamento de doenças mentais. Em um estudo feito pela Universidade Bristol, no Reino Unido, foi verificado que estar exposto às bactérias da terra produz serotonina, hormônio responsável pelo humor. É ainda capaz de regular o sistema nervoso e endócrino, melhorar o fluxo sanguíneo e ainda atuar no tratamento de problemas cardiovasculares, dores, insônia, entre outros.

As atividades de jardinagem diminuíram a dor física, stress reduziu o número de quedas e a atenção dos pacientes. Cuidar das plantas também melhora a prática do mindfulness - manter o foco no momento presente -  que diminui os níveis de ansiedade e melhora a concentração.

__________________________________________________

Fonte: TrustHunter

Imagem ilustrativa: pixabay.com

Postado em 02.07.2019



Mais notícias: