Ribeirão Preto, 18 de Dezembro de 2018.

Entrevias chega à região de Ribeirão Preto para a 1ª transferência de concessão rodoviária do Estado

Tarifas de pedágio mais baixas e serviços ampliados aos usuários serão a marca da Concessionária nos próximos 30 anos

Entrevias chega à região de Ribeirão Preto para a 1ª transferência de concessão rodoviária do Estado

Depois de assumir em julho de 2017 a concessão do trecho sul das rodovias do Centro-Oeste Paulista – 271 quilômetros entre Florínea a Borborema –, a Entrevias Concessionária de Rodovias absorverá a operação e manutenção do trecho norte, na região de Ribeirão Preto. A Concessionária vai operar nos próximos 30 anos 299 quilômetros do eixo viário entre Bebedouro, Ribeirão Preto e Igarapava (SP-322, SP-330, SP-328, SP-325, SP-322 e SP-351), a maior parte do trecho hoje sob concessão da Vianorte. 

Será a primeira transferência de concessão rodoviária do Estado de São Paulo. “A Entrevias chegará para reforçar o compromisso que temos com os usuários, o que inclui qualidade e segurança na prestação de serviço. Vamos ampliar o atendimento e reforçar, cada vez mais, as parcerias com a comunidade, os municípios e com quem utiliza a rodovia. Queremos estar presentes como parceiros no dia a dia das pessoas”, destaca o diretor presidente da Concessionária, Sergio Santillan (FOTO).

O primeiro benefício, que atinge diretamente o usuário, é a redução do valor das tarifas pagas hoje nas quatros praças de pedágio administradas pela atual concessão. De acordo com o contrato assinado entre a Entrevias e a Artesp (Agência Reguladora de Transporte do Estado de São Paulo), a redução do valor da tarifa por quilômetro será de 20% em relação ao atual. Com isso, os valores efetivamente cobrados nas praças de pedágio do trecho ficarão até 16% mais baratos. A economia será ainda maior para os usuários que pagarem pelo sistema de cobrança automática, no qual será aplicado um desconto adicional de 5%. Para o motociclista, a Entrevias utilizará uma pista exclusiva para o recolhimento da tarifa, com uma tecnologia inédita de cobrança semiautomática. Os cálculos finais das novas tarifas estão sendo feitos pela Artesp.

Conforto para o usuário      

Além dos descontos, a Concessionária vai ampliar o número de bases do Serviço de Atendimento aos Usuários (SAU). Ao todo serão nove pontos de apoio ao longo das rodovias na região de Ribeirão Preto, três a mais que os oferecidos pela concessão atual. Dos nove postos, sete serão novos e dois totalmente reformados. Nessas bases, o usuário poderá dispor de espaço confortável para buscar informações, utilizar banheiro e fraldário. Nos dois primeiros anos do contrato, a Entrevias vai implantar serviço de Wi-Fi em todo o trecho concessionado.

 A Entrevias vai reforçar também o número de veículos de apoio aos usuários. Serão 23 viaturas de suporte para o dia a dia na rodovia, incluindo seis veículos de inspeção 24 horas, quatro guinchos leves, dois guinchos pesados, oito unidades de resgate, um caminhão-pipa e um caminhão de captura de animais. A novidade é a disposição imediata de uma Unidade de Suporte Avançada (USA) que ficará pronta para operar com um médico, um enfermeiro e um auxiliar de enfermagem. A unidade vai operar em um ponto estratégico para deslocamento rápido.

 Ampliações e geração de emprego

Nos próximos anos, a Entrevias vai entregar uma série de melhorias e ampliações para os usuários ao longo do trecho norte da concessão. A previsão é de um investimento de R$ 63 milhões na região em obras de melhorias e ampliações.

 Além da manutenção constante nas rodovias sob sua responsabilidade, a Entrevias vai construir novos trechos de marginais, passarelas, ciclovias e acostamentos para a segurança da comunidade. Esses benefícios serão destinados às rodovias SP-330, SP-322, SP-328, SP-351 e para algumas das SPAs (vias de acesso ao eixo principal rodoviário) correspondentes.

 A nova concessão também amplia a área de operação e manutenção da Entrevias nesses acessos. Mais de 40 quilômetros de SPAs nas regiões de Ribeirão Preto, Sertãozinho, Pontal, Jardinópolis, Sales Oliveira e Viradouro terão o monitoramento da Concessionária. Os benefícios também estão relacionados à geração de emprego e renda no trecho concessionado. Ao todo, a Entrevias vai gerar cerca de 350 empregos diretos e indiretos.

 Convênio com prefeituras

A geração de ISS-QN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) proveniente do pagamento das tarifas de pedágio é uma importante fonte de renda para o investimento do poder público na área de concessão. Por esse motivo, a Concessionária vai celebrar nesta quarta-feira, 21, convênio com as administrações municipais, reforçando essa obrigação de recolher a alíquota corresponde ao imposto que incide sobre as tarifas pagas pelos usuários.

 O ISS-QN é um imposto determinado por legislação municipal e leva em conta a extensão da rodovia na jurisdição de cada município. Todos os municípios cujos territórios são atravessados pelas rodovias do trecho de concessão recebem o imposto sobre os pedágios, independentemente de onde ficam as praças. O montante a que cada um tem direito leva em conta a extensão de seu território à margem da rodovia e a alíquota de ISS adotada pela prefeitura.

 O recolhimento do imposto é calculado a partir da arrecadação de pedágio, somando também os valores de obras e serviços, como duplicação, implantações e melhoria de dispositivos. Nesta conta também entram os investimentos com serviços de manutenção prestados. O dinheiro é depositado diretamente na conta das prefeituras e reforça o caixa para investimentos em áreas sociais e de infraestrutura. Para este ano, a Entrevias deverá recolher cerca de R$ 13 milhões de ISS-QN. Só na região de Ribeirão Preto, a previsão é de R$ 10 milhões.

 Sobre a Entrevias Concessionária de Rodovias

A Entrevias Concessionária de Rodovias é responsável pela operação, manutenção e modernização do lote Rodovias do Centro-Oeste Paulista, com um total de 570 quilômetros de vias no eixo entre Florínea, na divisa com o Paraná, e Igarapava, na divisa com Minas Gerais. A concessionária assumirá o trecho entre Bebedouro, Ribeirão Preto e Igarapava – 299 quilômetros, hoje sob concessão de outra empresa.

 O contrato de concessão assinado com o governo do Estado de São Paulo prevê investimentos de R$ 3,9 bilhões na restauração de rodovias, ampliação da malha viária e implantação de tecnologias e inovações que contribuem para prestação de serviços de alta qualidade aos usuários.

 Visite o site da empresa: www.entrevias.com.br. Em caso de emergência nas rodovias ligue para 0800-3000-333.

_________________________________________________

Fonte: Lettera Comunicação

Postado em 22.02.2018



Mais notícias: