Ribeirão Preto, 25 de Novembro de 2014.

Banco do Povo de Ribeirão Preto tem a menor taxa para empréstimos

Unidade está realizando o 5º Mutirão do Microcrédito até o dia 30 de novembro, na avenida Presidente Kennedy, 1.500, Novo Shopping

Banco do Povo de Ribeirão Preto tem a menor taxa para empréstimos

Abaixou a taxa de juros de 0,7% para 0,5% para os microempreendedores interessados em abrir suas empresas no Banco do Povo Paulista. Também aumentou o limite de vendas que era de R$ 240.000 para R$ 360.000 ao ano, bem como e o limite de crédito de pessoa física para até R$ 10.000,00 e pessoa jurídica para até R$ 15.000,00, com empréstimos crescentes.

 

“Todas estas facilidades aumentam as chances dos empresários realizarem financiamento para terem sua microempresa”, explica Pedro Scomparin, superintendente da Coderp (Companhia de Desenvolvimento Econômico de Ribeirão Preto), que administra a unidade o do Banco do Povo Paulista de Ribeirão Preto. O microcrédito é um ótimo negócio para aqueles que têm o objetivo de melhorar o seu negócio, porém não encontra oportunidade de obter empréstimos em bancos particulares.

 

5º Mutirão do Microcrédito

 O Banco do Povo Paulista de Ribeirão Preto está realizando a 5ª edição do Mutirão do Microcrédito até o dia 30 de novembro. Em Ribeirão Preto, a unidade do Banco do Povo Paulista funciona na avenida Presidente Kennedy, 1.500, Novo Shopping.

 

Sandra Kioko Takarashi, gerente da unidade do Banco do Povo em Ribeirão Preto, explica que “o Banco do Povo sempre ofereceu a menor taxa de juros do mercado, agora abaixando ainda mais, de 0,7 para 0,5% ao mês, maiores e melhores são as possibilidades de empresários realizarem o financiamento para terem sua microempresa”, informa.

 

“Com o mutirão, o objetivo da unidade do Banco do Povo de Ribeirão Preto é estimular o aumento de empréstimos a empreendedores, ainda mais com a baixa na taxa de juros”, informa o superintendente da Coderp, Pedro Scomparin.

 

A quem se destina os empréstimos:

 

Empreendedores formais ou informais, cooperativas ou formas associativas de produção ou trabalho.

 

Exigências aos candidatos:

 

- Desenvolver atividade produtiva (formal ou informal) há mais de 6 meses;

 

- Residir há mais de dois anos no município e ter endereço fixo;

 

- Ter nome limpo no CADIN, SCPC e SERASA;

 

- Ter o total de vendas de até R$ 360.000,00 nos últimos 12 meses;

 

- Tomador maior de idade ou emancipado legalmente;

 

- Alienação fiduciária dos bens financiados.

 

Aumento no limite de crédito conforme empréstimos crescentes:

 

1º Crédito

 

Pessoa Física R$ até 5.000,00

 

Pessoa Jurídica R$ até 7.500,00

 

2º Crédito

 

Pessoa Física R$ até 7.500,00

 

Pessoa Jurídica R$ até 10.000,00

 

3º Crédito

 

Pessoa Física R$ até 10.000,00

 

Pessoa Jurídica R$ até 15.000,00

____________

Fonte: CCS

Postado em 11.11.2011



Mais notícias: