Ribeirão Preto, 23 de Setembro de 2018.

Amor entre os Povos - Filosofia e Espiritualidade - por Professor Florêncio Antonio Lopes

Desde os primórdios da humanidade a prática do espiritualismo foi fundamental para a evolução da nossa espécie. Tinha como seguidores grandes homens da nossa história como Jesus de Nazaré, Orem (Primeiro homem que viveu em nosso Planeta), Platão, Aristóteles, Confúcio, Tao, Noé (da Arca), Adão, entre outros. Com o passar dos tempos os estudos e pesquisas sobre o assunto foram se aperfeiçoando e hoje a espiritualidade é tema de pesquisas científicas.

 Portanto, devemos conhecer muito sobre esse tema que transcende a nossa própria existência, quem somos, para onde vamos e o que viemos fazer. A espiritualidade, embora envolta a mistérios e muitos deles ainda não entendíveis para os seres humanos, faz parte do nosso cotidiano, da busca da felicidade, do equilíbrio do corpo e da mente da existência plena, digna, mais próspera e feliz.

Foi a partir desse princípio básico já adotado e ensinado por Jesus de Nazaré que se deu a continuidade aos ensinamentos e prática desta filosofia espiritualista, hoje conhecida como "Amor Entre os Povos", que conforme artigo 2º da sua Constituição com a finalidade de prestar culto a Deus, em espírito e verdade, a própria definição dos fins a que se propõe está exarada em seu enunciado: Amor (Universo) Entre (União) os Povos (Paz).

 Estas energias unidas terão a finalidade de maior compreensão da religião. Ensinar e instruir seus seguidores desde o início da formação do Universo, o surgimento do ser humano e esclarecer todas as dúvidas de sua evolução, levantando o poder vivo da fé que consola, regenera, purifica e liberta.

Entre os fundamentos o Espiritualismo que nada mais é do que se amar e respeitar a si mesmo, a união da Sagrada Família, a caridade e o amor ao próximo, o Esoterismo, que é amar e respeitar a natureza, saber usufruir das energias puras que ela oferece e a Telepatia, viver bem e procurar fazer com que os outros vivam bem, ensinando a trabalhar com a mente nas vibrações de paz, da meditação e da concentração e nos fundamentos da lei da atração é que surgiu a filosofia "Amor Entre os Povos".

Na atualidade, sou o primeiro seguidor, que desde a minha tenra idade uso a minha força espiritual em benefício das pessoas, prestando a caridade. Dediquei-me ao estudo da espiritualidade, da concentração e da meditação. Entre esses estudos, revive e trouxe à tona os ensinamentos espiritualistas.

Com o envolvimento ainda maior com a filosofia, pesquisei, vivencie experiências que fizeram me envolver ainda mais e aperfeiçoar os meus conhecimentos, transcendendo a espiritualidade numa conjunção de forças divinas e da natureza no "Amor Entre os Povos".

"Nosso maior desafio é trazer a paz ao mundo e às pessoas, ensinando como atingir o bem-estar da família apurando a "fé" e aperfeiçoando o desenvolvimento espiritual e material. É a saúde para a família para que possa caminhar com orientação e se manter sempre unida seja qual for a situação, tendo vontade de viver e fazer do lar sempre o encontro de motivação maior para a vida, para grande evolução para que possam lutar com amor e muita fé e divulgar o caminho da Sagrada Família (São José, Nossa Senhora com seu filho Jesus) para a humanidade."

Em 1990, foi registrado o primeiro estatuto do "Amor Entre os Povos", mas o trabalho e os meus estudos tiveram início na década de 1950. A partir de 1990 o "Amor Entre os Povos" começou a ganhar força e seus ensinamentos estão sendo difundidos em várias partes do mundo.

VENHA NOS CONHECER

Rua São José, 247 – Centro - Ribeirão Preto – SP - Telefone – (16) 3625-0574

 * Florêncio Antonio Lopes é Professor Espiritualista. Graduado Senhor-Mestre

www.aep.org.br / florencio.al@gmail.com

_______________________________________________

Postado em 11.07.2018



Mais notícias: