Ribeirão Preto, 25 de Maio de 2019.

99 canções do Rock Oitentista - por Leandro Salomão

Atendendo pedidos, 99 canções do Rock Oitentista, viajando por todos os estilos e eras que marcaram a fases mais renovadora do cenário musical do Brasil.

99 canções do Rock Oitentista - por Leandro Salomão

Os Precursores – bandas que logo no início da década mostraram serviço e foram pioneiras da década.

 

 

§  Blitz – Você não soube me Amar e A dois passos do paraiso

§  Gang 90 e as Absurdetes – Perdidos na Selva

§  Paralamas do Sucesso – Vital e sua moto

§  Ritchie – Pelo Interfone, Menina Veneno

§  Léo Jaime e Kid Abelha e os Abóboras Selvagens – A fórmula do amor

§  Lulu Santos – Sincero

§  Lobão e os Ronaldos – Corações Psicodélicos

§  Eduardo Duzek – Nostradamus

 

Os Malditos  – grupos bons mas que por um motivo ou por outro acabaram não vingando… mas que marcaram os 80’s com sua presença criativa.

 

 

§  Sangue da Cidade – Brilhar a minha estrela

§  Sempre Livre – Esse seu jeito livre de ser

§  Os Mulheres Negras – Música serve pra isso

§  Gueto – Luta

§  Hanoi Hanoi – Totalmente Demais

§  Itamar Assumpção – Nego Dito

§  TNT – Não Sei

§  Uns e Outros – Cartas aos Missionários

§  Arrigo Barnabé – Pô Amar é Importante

§  Língua de Trapo – Os Metaleiros também Amam

§  Violeta de Outono – Declínio de Maio, Dia Eterno

§  De Falla – Sobre Amanhã, Repelente

§  Garotos da Rua – Tô de Saco Cheio

§  Nenhum de Nós – Camila Camila

 

O PopRockBr ou Musica Pop Brasileira – artistas que investiram na criação de um novo som para o público jovem na busca pelo sucesso. 

 

 

 

§  Kid Abelha e os Abóboras Selvagens – Lágrimas e Chuva

§  Tokyo – Humanos

§  João Penca e seus Miquinhos Amestrados – Popstar

§  Metrô – Beat Acelerado, Johnny Love

§  Kiko Zambianchi – Rolam as Pedras

§  Marina – Mesmo que seja eu

§  Fausto Fawcett – Kátia Flávia a Godiva do Irajá

§  Biquini Cavadão – Tédio

§  Obina Shock – Vida

 

Festa Punk Brasil – faça você mesmo é a ordem !!

 

 

 

§  Cólera – Medo, Subúrbio Geral

§  As Mercenárias – Pânico

§  Ratos de Porão – Amazônia Nunca Mais, Beber até Morrer

§  Camisa de Vênus – Passamos por isso, Eu não matei Joana D’Arc

§  365 – Nunca Mais Seremos os Mesmos

§  Inocentes – Panico em SP, Tambores, Miséria e Fome

§  Os Replicantes – Surfista Calhorda, Hippie Punk Rajneesh

 

Os Veteranos do Rock – os hits da galera dos 70’s que aproveitou bem a onda roqueira que bateu forte na década seguinte.

 

§  Caetano Veloso – Podres Poderes

§  Rádio Táxi – Sanduiche de Coração

§  Rita Lee – Lança Perfume

§  Raul Seixas – Metrô Linha 743

§  Kleiton e Kledir – Nem Pensar

§  Gilberto Gil – Punk da Periferia

§  Made in Brazil – Godzilla

§  Premeditando o Breque – Pinga com Limão

§  Joelho de Porco – Vai Fundo

§  Pepeu Gomes – Mil e uma noites de Amor

 

A Galera do Pós Punk Brasil – aqui entram os pós punks mais representativos, independente do sucesso ou trajetória de heróis underground.

 

§  Capital Inicial – Veraneio Vascaína

§  Voluntários da Pátria – O Homem que eu Amo

§  Arte no Escuro – Beije-Me Cowboy

§  Zero – Formosa

§  Vultos – Farsantes Amantes

§  Plebe Rude – A Ida, Proteção

§  Fellini – Zum Zum Zum Zazoera, Rock Europeu

§  Muzak – Jovens Ateus

§  Harry – Genebra

§  Akira S e As Garotas que Erraram – Swing Basses Series

§  Chance – O Striptease de Mme.X

§  Vzyadoq Moe – O Ápice

§  Varsóvia – Noites

§  Finis Africae – Armadilha

 

O Metal é nosso – de todos sub estilos do rock, o heavy metal e todas suas vertentes foram uma força indiscutível da era, que do underground cresceu e ganhou o mundo na década seguinte.

 

§  Sepultura – Inner Self

§  Centúrias – Duas Rodas

§  Salário Mínimo – Beijo Fatal

§  Korzus – Guerreiros do Metal

§  Harppia – Cidade das Bruxas

 

Os donos da porra toda – as bandas que conquistaram o Brasil na década e que pelos hits viraram a cara do estilo.

 

§  Engenheiro do Havaii – Nau a Deriva, Toda Forma de Poder, Refrão de Bolero

§  Lobão – Canos Silenciosos

§  RPM – Rádio Pirata

§  Legião Urbana – Será, Conexão Amazônica, Há tempos

§  Ultraje a Rigor – Rebelde sem Causa

§  Ira! – Dias de Luta, Manhãs de Domingo

§  Barão Vermelho – O que faz a Noite, Maior Abandonado

§  Cazuza – O Tempo não Para

§  Titãs – Comida, Bichos Escrotos

§  Os Paralamas do Sucesso – Alagados

§  Edgard Scandurra – Minha mente ainda é a mesma

 

* Leandro Salomão, Profissional de Marketing, formado e Pós-Graduado pela FGV

Apaixonado por Música e “tocador de Guitarra”  na Banda Mulher do Padre.

______________________________________________________________________________

Postado em 25.04.2019



Mais notícias: